Câmara recebe prestação de contas da Secretaria de Saúde

por Alana Lima publicado 01/06/2022 15h05, última modificação 14/06/2022 09h14
Foram apresentados dados relativos ao terceiro quadrimestre de 2021 e ao primeiro quadrimestre de 2022
A Câmara do Cabo de Santo Agostinho recebeu, nesta quarta-feira (1º), a secretária Municipal de Saúde, Ana Maria Albuquerque, para a prestação de contas relativas às atividades da pasta no 3º quadrimestre de 2021 e no 1º quadrimestre de 2022. A apresentação dos dados é uma exigência da LC 141/12 e contou com a presença de vereadores, secretários municipais, profissionais de saúde e membros de sindicatos.

A secretária comemorou que o município tem aportado em saúde mais do que os 15% da receita municipal, que é o mínimo exigido pela Constituição Federal. No terceiro quadrimestre, o montante destinado à pasta superou os R$ 145 milhões, o que representou 23,04% da receita e um incremento de mais de R$ 50 milhões em relação ao mínimo constitucional. Já no primeiro período de 2022, foi investido em saúde o correspondente a 20,52% da receita do município. "Isso é algo digno de nota e mostra a importância que o prefeito Keko do Armazém coloca na saúde do povo cabense", afirmou a secretária.

                                 


A gestora fez um panorama geral da pasta com informações sobre infraestrutura, serviços prestados, pessoal contratado e atendimento à Covid-19 com destaque para a vacinação. Ela também reconheceu o empenho dos profissionais da área durante as chuvas que castigaram a cidade nos últimos dias: "Gostaria de agradecer aos funcionários que, com todo compromisso, chegaram de barco e de bote à maternidade do Cabo para manter a unidade funcionando", parabenizou Ana Albuquerque.

Após a prestação de contas, os vereadores da Casa Vicente Mendes fizeram considerações a respeito dos números e das ações apresentados pela secretária e puderam tirar dúvidas. O presidente Ricardo Carneiro (Ricardinho) destacou a importância da prestação de contas. “O Poder Legislativo Municipal tem a função de fazer as leis e fiscalizar o Executivo. Estamos cumprindo o nosso papel constitucional ", afirmou o parlamentar.